Preparação da Pasta de Papel

Home / Preparação da Pasta de Papel

A NOSSA GAMA DE PREPARAÇÃO DE PASTA DE PAPEL

A PETROFER oferece um portifólio de produtos, em conformidade com os regulamentos locais (por exemplo, Bfr), para a preparação de suspensão de pasta de papel e a parte úmida da produção, otimizando o processo de fabricão do papel e a qualidade final dos produtos de papel. Os AGENTES AMACIANTES E DESLIGANTES melhoram a superfície e o índice de mão levando a uma melhor textura do papel tissue acabado. Para o pulper, a gama de ENZIMAS DE BIOREFINAÇÃO da PETROFER destina-se a modificar as fibras, melhorando a drenagem, aumentando a resistência à tração e poupando energia de refinação e secagem. Os ADJUVANTES DE REPOLPAÇÃO permitem o reprocessamento da fibra e aumentam o rendimento do processo de repolpação de aparas húmidas de alta resistência, ao mesmo tempo que reduzem o consumo de energia. Os nossos produtos químicos AGENTES UMIDIFICANTES e de CONTROLE DE DEPÓSITOS ADERENTES ("STICKIES"), extremamente eficientes, contaminações de pez e viscosas, com arame e feltro.

Redução dos custos energéticos, aumento da produtividade

VOCÊ TAMBÉM PODE ESTAR INTERESSADO EM

Nossa experiência

A PETROFER tem uma longa experiência no tratamento químico de fibras de celulose para a preparação de pasta de papel no processo de fabrico de papel. Com uma ampla gama de equipamento de ponta e um grande número de métodos, o laboratório de P&D de papel da PETROFER é capaz de testar aplicações de forma flexível e realista e desenvolver formulações especiais em estreita cooperação com o cliente. Reagimos continuamente a novas ideias, novas tecnologias e novos processos e testamos novos materiais para melhorar os nossos produtos e ampliar o nosso portifólio. Temos sempre presente a necessidade de sustentabilidade e de redução do impacto ambiental dos produtos químicos usados no fabrico de papel.

NOSSA LINHA DE PRODUTOS EM DETALHES

AGENTES AMACIANTES E DESLIGANTES

A suavidade do papel tissue é o sinal mais evidente de qualidade para o utilizador final. A PETROFER disponibiliza uma grande variedade de agentes amaciantes e desligantes para melhorar a suavidade, o volume e a textura da superfície dos produtos de papel tissue. Os nossos produtos da série SOFTLAYER compreendem diferentes produtos químicos de base com funcionalidades especiais para fornecer a melhor solução possível para cada tipo de pasta de papel, condições da água e utilização de outro equipamento de aplicação. Todos os produtos estão prontos a usar.

ENZIMAS DE BIOREFINAÇÃO

O processo de refinação é um dos fatores que mais consome energia na produção de papel. As enzimas são a forma mais eficiente e ecológica para a modificação química das fibras. Menos encurtamento das fibras através de um tratamento enzimático suave permite a aplicação de uma maior taxa de fibras curtas, oferece maior resistência à tração. A aplicação gera economia de energia de refinação e secagem, ao mesmo tempo que permite, potencialmente, uma maior velocidade da máquina. A série PETROZYM STR da PETROFER oferece formulações enzimáticas para diferentes variedades de pasta de papel e condições físicas na preparação da pasta de papel.

ADJUVANTES DE REPOLPAÇÃO

A repolpação de papel usado é uma necessidade crescente pois permite poupar recursos valiosos e custos de eliminação, ao mesmo tempo que reconhece a sustentabilidade das fibras de papel. O desafio de realizar repolpação de aparas húmidas de alta resistência é resolvido de forma eficaz pela PETROFER oferecendo um tratamento oxidativo através dos nossos produtos DE-COTAC, bem como uma solução enzimática com a nossa série PETROZYM REP. Os nossos produtos melhoram o teor de recuperação das fibras, a eficiência de tempo e o rendimento. Além disso, a energia gasta no processo de repolpação é reduzida pela dissolução das ligações entre os agentes de resistência no estado úmido e levando a uma excelente formação final da folha.

AGENTES UMIDIFICANTES E DE CONTROLO DE DEPÓSITOS ADERENTES ("STICKIES")

Os depósitos aderentes ("stickies") e o pez são problema na indústria do papel que influenciam a eficiência global da máquina. São constituídos por depósitos pegajosos com propriedades frequentemente termoplásticas e ocorrem em máquinas de papel que utilizam papel reciclado como fonte de fibras. Na origem destes problemas podem estar tintas de impressão, aglutinantes de revestimento, ceras, adesivos de fusão a quente, plásticos, resinas de resistência no estado húmido e outros aditivos. Uma contaminação deste tipo pode entupir os fios, reduzir o desempenho do feltro e provocar, subsequentemente, quebras, furos e manchas no papel. Com a PETRORUN como solução para o problema, a PETROFER resolve este problema através da dispersão dos aglomerados antes que estes possam causar preocupação.

Exemplos de aplicação

Os clientes enfrentam custos de energia cada vez maiores. Um dos passos que mais consome energia na produção de papel é o processo de refinação. Durante o mesmo, as fibras são tratadas mecanicamente para atingir uma maior atividade superficial, resultando na formação de mais ligações de hidrogénio. Posteriormente, é alcançada uma resistência no estado seco mais elevada. Um grande fabricante de papel tissue a nível mundial foi desafiado pelo mercado a fornecer produtos acabados com uma maior suavidade. A utilização da tecnologia enzimática da PETROFER ajudou a alcançar estes objetivos ao permitir uma maior utilização de fibras curtas, fornecendo ao mercado produtos acabados mais desejáveis com um maior retorno de lucro para o fabricante. Além disso, a utilização do produto permitiu uma economia de energia de aproximadamente 30% na refinação. Para além das economias financeiras, o nosso cliente conseguiu uma redução da pegada de carbono através da utilização de enzimas, pois o impacto ambiental global foi reduzido.

AS NOSSAS PROMESSAS

Orientação para o cliente

Alta flexibilidade e resposta rápida

Tecnologia de ponta

Suporte à aplicação e serviço após-venda

Parcerias duradouras

OS SEUS BENEFÍCIOS

Redução do custo total de propriedade

  • Redução do consumo de energia
  • Utilização otimizada das fibras
  • Maior produtividade da máquina

Maior eficiência e confiabilidade do processo

  • Potencial para acelerar a velocidade da máquina
  • Excelente qualidade do produto acabado
  • Menor tempo de paragem da máquina

Melhoria do equilíbrio ambiental

  • Economia de energia na refinação e secagem
  • Redução das emissões de carbono
  • Economia circular e sustentável: reciclagem de fibras

GLOBAL NEWS

PETROZYM STR

Published: 14 February 2022 Tem problemas com a qualidade e as propriedades de resistência a seco do seu rolo de papel acabado? Gasta demasiada energia… Ler mais PETROZYM STR

Para cima